terça-feira, 27 de outubro de 2009

1ª Corrida Todos Pelo Diabetes (Divulgação).




O Instituto de Diabetes de Joinville é uma instituição de administração privada, filantrópica, 100% social, sem fins lucrativos, voltada para o atendimento de pacientes diabéticos da cidade de Joinville e região.

Iniciou suas atividades em julho de 2008, tendo coordenado o dia Mundial do Diabetes de 2008, a sua primeira atividade oficial.

Os sócios fundadores e a diretoria, são profissionais representantes da comunidade que atuam nas áreas da saúde, da educação, do direito e empresarial.

Este evento tem como objetivo conscientizar a comunidade sobre a importância da prática de esportes como ferramenta importante na prevenção e controle do diabetes mellitus, proporcionando qualidade de vida, sobrevida e produtividade aos portadores da doença.

Inscrições e informações
http://www.corville.org.br


domingo, 25 de outubro de 2009

Competição nº 10 - 2ª Meia Maratona de Pomerode

Hoje, apesar de ser Domingo onde muitas pessoas aproveitam para dormir até mais tarde eu acordei dez para as quatro da manhã (mas com muita disposição), literalmente madruguei. Claro que, isso não foi por acaso tiver que levantar mais cedo para participar de mais uma prova, a numero dez, e como foi dez... Que por sinal foi a minha melhor prova em todos os aspectos, mas, isso, eu vou relatando aos poucos.

Dessa vez o amigo Cafu e Eu fomos de topic com um pessoal que ele já conhecia. Que por sinal,foi muito bom, tive a oportunidade de conhecer novas pessoas. Além de nós dois, foram mais seis pessoas (só não me lembro do nome de todos, sou péssimo para gravar nomes), a maioria participaram da Meia Maratona.

Saímos de Joinville as 6 horas e chegamos em Pomerode as 7:15. Onde fomos pegar o numero de peito e em seguida o pessoal da Meia já começaram a aquecer. A largada da Meia foi dada as 8:00 e da rústica as 8:15 pontualmente.

Essa foi a maior prova de que já participei. A Meia de Pomerode está na sua 2ª edição e tem tudo para ser uma das melhores da região, o trajeto da Meia é praticamente todo plano, e a organização e infra-estrutura são excelentes. Esse ano teve um total de 750 participantes (458 na Meia e 292 na Rústica).


Teve premiação para os primeiros 10 colocados na Geral (o 1º colocado levou 20000 reais, o segundo 1000 e o terceiro 800) e teve também por categoria.
O nível dos participantes foi bastante elevado, entre os atletas conhecidos esteve por lá o Adriano Bastos, que ficou em 2º lugar na geral.


Eu e Adriano Bastos

Classificação Geral Meia Maratona
::Masculino::
Colocação Nome Tempo
CLAUDIR RODRIGUES 01:05:12
ADRIANO BASTOS 01:06:34
ELSON ALEX GRACIOLI 01:07:06
MARILDO JOSE BARDUCO 01:07:31
ALESSANDRO DE SOUZA 01:07:53
JOSÉ VIANEI PAZZATO 01:08:38
CLAUDINEI RIBEIRO 01:08:31
GILIALDO KOBALL 01:08:44
ERICH LUIZ TRAPP 01:08:50
10º MARCELO ADRIANO ASSIS DE SOUZA 01:08:53

::Feminina::
Colocação Nome Tempo
ROSANGELA GAVINSKI DA SILVA 01:19:33
ROSA JUSSARA BARBOSA 01:20:15
DIONE CHILLEMI 01:21:06
LUCIANA BEATRIZ DE LIMA DA LUZ 01:21:38
ADRIANA SUTIL DA COSTA 01:21:49
LIDIA KARWOWSKI 01:23:31
ANA CLAUDIA MARIA DE JESUS 01:29:02
EDNA LÚCIA MARTINS 01:29:39
SANDRA APARECIDA CAPORAL 01:29:43
10º SUZANA SABINO 01:31:06


Essa prova é uma boa opção para os amigos participarem no ano que vem e ainda aproveitarem para fazer um passeio. A cidade é muito linda e para quem gosta de natureza é melhor ainda, ótima para descansar e fugir do stress da cidade. Quem sabe eu não vejo alguns dos amigos no ano que vem lá.

Dados Gerais:

Local: Pomerode - SC;
Distância: 5,8 km
Valor da inscrição : 15 reais;
Hora da largada: 8:15
Trajeto :todo plano.
Velocidade média : 13,22 Km/h
Pace:4:32 (meu melhor ritmo desde que comecei a correr).
Tempo: 26:20


Geral: 100º (de 292º);
Masculino: 90º (de 177º).
Categoria : não teve

Kit e medalha de participação (nota dez).




Descrição da prova


Hoje eu acordei disposto a melhorar o meu ritmo de prova. Até então, o meu melhor pace era de 4min. e 52s por km, mas, venho me dedicando aos treinos e sabia que já estava preparado para melhorar essa marca.


Então decidir que iria tentar manter um ritmo constante a prova toda, largando com o propósito de fazer 4:30 por km. De certa forma, 20 segundos a menos por km é bastante, mas, eu estava muito confiante.

Após um bom tempo fazendo um aquecimento com trote bem leve eu me posicionei para a largada.

Eu estava decidido, e lá fui eu... Passei no 1º km com 4:20 (pensei comigo: o ritmo é esse, agora é só manter), no segundo com 8:55, no km 3 com 13:35 e depois disso deixei o relógio de lado e me concentrei mais nos meus movimentos para manter a cadencia das passadas. E por fim, lá estava eu cruzando pela 10ª vez uma linha de chegada, terminei com o tempo de 26:20, pace de 4:32.

Enfim, hoje foi o meu dia. Estava decidido, com um objetivo em mente e eu fui lá e fiz o que tinha que ser feito. Sair de lá feliz da vida, realizado por ter conseguido superar os meus limites.

Sendo assim, depois da prova aproveitei para tirar algumas fotos, conversar com os amigos, fazer novos amigos e curtir o momento.

Fotos

Claúdio, Cafu e Eu.


Concentração depois da prova


Maurren Maggi (madrinha do evento) e Eu





Obrigado a todos pelo apoio e incentivo!!!








segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Corrida Rústica de Balneário Piçarras acontece em 28 de novembro (Divulgação).



A cidade de Balneário Piçarras recebe em novembro, pela primeira ves, uma prova de corrida de rua. Para participar da prova, que acontece dia 28 de novembro, os interessados precisam se dirigir a Secretaria de Turismo, Cultura e Esportes (Setuce) ou enviar e-mail para setuce@picarras.sc.gov.br e solicitar a ficha de inscrição, que é gratuita.

A premiação em dinheiro e troféus será distribuída entre os cinco primeiros colocados de todas as categorias na classificação geral da corrida. Todos os atletas que concluírem a prova receberão medalhas de participação. O primeiro lugar leva R$250,00, o segundo, R$200, o terceiro, R$100 e o quarto e quinto R$50. Os cinco primeiros nas categorias maculino 15 a 19 e 20 a 24 anos também recebem troféus.

O ponto de partida e chegada será em frente a academia da terceira idade, na praia central, de onde os corredores partem as 15h do dia 28 de novembro. Eles seguirão no sentido norte-sul até a barra do Rio Piçarras e então partem para o norte da praia pela Avenida Nereu Ramos. No bairro Itacolomi, na altura da Recreativa Tigre, os corredores retornam à beira-mar e seguem novamente no sentido norte-sul até o ponto de chegada.



Para mais informações sobre a Corrida Rústica de Balneário Piçarras, os interessados podem entrar em contato com a Setuce, no telefone 3345 3603, ou com José Correia, da Corpolis, no (48) 9603-2211.





quinta-feira, 15 de outubro de 2009

2ª Meia Maratona Cidade De Pomerode 25/10

No próximo dia 25 de Outubro será realizada a 2ª Meia Maratona Cidade de Pomerode.

A Expectativa de público da 2ª Meia Maratona de Pomerode é de 1,2 mil participantes. O fato de Maurren Maggi apadrinhar a 2ª Meia Maratona de Pomerode concerteza irá ajudar no aumento de participantes e de públlico em geral.

Além da prova principal terá também prova participativa de 5,8 km.

As inscrições podem ser realizadas até o dia 23/10 no site : http://www.meiamaratonapomerode.com.br/pomerode.php
. A minha já foi feita, agora é só esperar chegar o dia 25 de outubro.

Sendo que, a ciade de Momerode é uma excelente opção também para o turísmo.

Um pedaço da Alemanha no Brasil, assim é conhecida Pomerode. Há mais de um século, a cidade preserva os traços culturais herdados dos colonizadores, sendo chamada “A Cidade mais Alemã do Brasil”.
A arquitetura enxaimel, os grupos folclóricos, a gastronomia e a língua alemã - ainda falada entre a população, faz com que a cidade mantenha vivas suas características européias. Os turistas são sempre bem acolhidos nesta cidade de pouco mais do que 25 mil habitantes. Pomerode é com certeza o roteiro certo para quem busca respirar história e conhecer os costumes vindos da Europa.


Algumas fotos da Cidade:


Pórtico do Imigrante (Foto: Marion Rupp)


Portal Turístico Sul (Foto: Estúdio Noir)


Paisagem em Testo Alto (Foto: Arq. Patrimônio Histórico)



Rota do Enxaimel (Foto: Marion Rupp)



Vista da cidade (Foto: Estúdio Noir)



terça-feira, 13 de outubro de 2009

Competição nº 9 - 1º Corrida Rústica de Rio Negrinho

Data:12/10/2009
Local: Rio Negrinho - SC
Distância: 10 km
Trajeto: a maior parte do trajeto era composto por subidas com elevação elevada, acredito que + ou - 70% do trajeto era de subida, 20% de descida e o restante era plano.
Tempo:49'19
Velocidade média:12,17 km/h
Pace:4:56
Valor da inscrição:10 reais.
Colocações: não divulgadas.

Segunda feira, feriado nacional, foi o dia da minha estréia em provas de 10k. Até então, nas provas anteriores, com exceção da corrida de 15k de São Bento do Sul, eu havia optado por realizar as provas alternativas, de menor distância. Porém, desta vez eu não tinha opção, ou eu fazia os dez ou ficava em casa, é claro que optei por realizar a prova.

A distância em si não me assusta mais, já que, geralmente os meus treinos são em torno de dez km durante a semana, e no fim de semana já cheguei a fazer treino de 20 km. Sempre procuro fazer a menor distância possível em provas, pelo menos por enquanto, que estou começando, para que eu possa forçar um pouco mais, impor um ritmo melhor.

Dessa vez, eu não fui de ônibus, fui de carona com o amigo Osmar Santos, juntamente com o amigo Cafú, os quais eu havia conhecido na corrida de 15k em São Bento. Sem dúvidas, muito melhor assim, ir com amigos é outra coisa. Esse é mais um dos benefícios da corrida, a oportunidade de conquistar novos amigos, com objetivos e gostos em comum.


Marcelo, Osmar Santos, Cafu e Eu.


Saímos aqui de Joinville ao meio dia, já que, a largada seria só as três da tarde, e a viagem até Rio Negrinho levou um pouco mais de uma hora. Ao chegar fui pegar o meu numero de peito, que por sinal o maior que eu vir até hoje, como vocês podem ver nas fotos, rsrsrsrsrs....

A prova...

Como havia comentado anteriormente, a minha intenção inicial era fazer a prova de boa, sem forçar muito.

As 15:30 em ponto, conforme programado, foi dada a largada e lá fui eu atrás dos outros corredores, larguei num ritmo confortável.



Já iniciamos a prova com uma leve subida, normal... até então, nem imaginava o que me esperava pela frente. Logo após, a subidinha, me deparei com uma de elevação média, mau terminei de subir essa, logo a frente, lá estava outra e mais outra e cada vez com uma inclinação maior. Resumindo, nunca vi tanta subida em toda a minha vida, haja perna. Mas, as dificuldades da prova não param por aí, além do trajeto, pra ajudar durante toda a prova só havia um posto de água, pelo menos, que eu tenha visto, fui tomar um gole de água lá pelo km 4 ou 5, já que, no trajeto também não havia marcação de km.

De certa forma, o fato de ter muitas subidas e não ter marcação de km me ajudaram a me superar. Eu explico, as subidas me fizeram mudar a minha intenção de fazer uma prova sem forçar muito, mantiver o nível de esforço das subidas também nas descidas e nas retas, o que me ajudaram a fechar a prova em 49'19s. E o fato de não ter marcação de km deixou que eu não fica-se achando que estava forçando de mais, sendo que, eu não tinha noção nenhuma de velocidade, devido as subidas que eram muitas.

Outro detalhe, que gostei muito dessa prova, foi o fato de eu ter interagido mais com os demais participantes. No inicio da prova, mais ou menos na terceira subida, procurei incentivar uma garota a não caminhar, corri ao lado dela alguns metros, ela me perguntou o tempo até então marcado e eu seguir em frente.

Mais adiante, uma corredora que eu havia passado no começo me alcançou e nós fomos trocando algumas palavras por uns 3 kms, pois é, eu estava quase morrendo de tanto subir aquele morros todos, mais, ainda tive fôlego para conversar, acho que to melhorando. Faltando uns 2 km para o final avistei um corredor a uns 500m à nossa frente, e vendo que estávamos diminuindo o ritmo convidei ela para tentar alcançar o mesmo, aumentamos o nosso ritmo, e ela vendo que não conseguiria alcançá-lo me incentivou a ir atrás dele e lá fui eu, como se estivesse começando a prova naquele momento.

A sensação foi muito boa, me aproximei dele, e com medo (rsrsrs) de ele querer aumentar o ritmo para não deixar eu passar-lo, quando estava chegando perto dele dei um diminuída para pegar um pouco mais de fôlego e depois lá fui eu, dar o bote final ,passando o colega que estava na minha frente.
Por fim, após mais um km finalizei a prova feliz da vida, com a sensação de dever cumprido.

Segue algumas fotos :


camisa e boné da prova.



O amigo Cafu, com a medalha de 2º lugar na categoria e o didim da premiação


Cafu e Eu antes da prova.

Boa semana e treinos a todos os amigos!!!


Serra Dona Francisca - SC

No último sábado, realizei o meu primeiro passeio/treino longo de bike. Geralmente, neste dia costumo realizar o meu treino longo de corrida da semana, mas, como eu tinha uma prova na segunda, resolvi trocá-lo por um treino de bike, onde quase não há impacto, comparado à corrida.

Como o dia amanheceu nublado deixei para sair de casa um pouco mais tarde, as 8:30. O dia estava propício para esse tipo de atividade, o sol estava meio escondido e a temperatura era agradável. Após preparar a minha maquina fotográfica, minha mochila de hidratação, e verificar a bike, lá fui eu com destino ao Mirante da Serra Dona Francisca (na foto acima mais informações sobre a Serra).
Até então, nuca havia ido até o mirante, que fica a 35 km aqui de casa. Já tinha passado por lá algumas vezes de ônibus e achado o lugar muito bonito.



A ida...


A maior parte do trajeto de ida é relativamente fácil, com exceção é claro, da subida da Serra até o mirante, que são nada mais nada menos que 10 km de subida intensa.
Planejei realizar a ida no menor tempo possível, com o objetivo de substituir parcialmente o treino de corrida. Realizei a minha primeira parada ao chegar no pé da serra, comprei uma água, recarreguei o radiador, tirei algumas fotos e me preparar para os dez km de subida.







Em seguida, comecei a subir a Serra em direção ao Mirante. Coloquei a marcha mais leve que eu podia, mas, não foi fácil, a inclinação era muito acentuada, o mirante fica a 596 m de altitude, e o trajeto até lá é cheio de curvas. Para se ter uma idéia da força que tive que fazer para subir os 10 km pedalando, se eu subisse correndo talvez eu teria demorado menos para chegar no tão esperado mirante. Por outro lado, foi muito bom, durante toda a subida era possível escutar o som das águas do rio que costeia a rodovia descendo a Serra. E claro não tem nada melhor do que o convívio com a natureza.



Um pouco antes do mirante eu parei na Cascata Serra Dona Francisca e na Bica D'água, que ficam bem próximas do mirante.
`




Enfim, após 2h22min. conquistei o tão sonhado Mirante :







A volta (descida emocionante)...


Depois de ter ficado algum tempo admirando a vista do mirante e tirando algumas fotos é hora de voltar para casa.

Como era de se esperar, a volta seria mais rápida e com certeza mais emocionante, com muita adrenalina.
Isso porque, eu teria que descer 10 km de Serra com uma bike, como vocês podem ver na foto no começo desse relato bem simples e humilde. Daí a minha preocupação, no começo da descida passou de tudo pela minha cabeça, será que os freios vão dar conta de segura a magrela ,quando ela estiver a toda velocidade na descida, será que os carros e os caminhões vão me respeitar ao me verem a suas frentes, ....
Mas no fim deu tudo certo, foi uma descida sensacional, fiz os 10k em 14 min., velocidade média de quase 43 km/h. Cheguei a sentir o cheiro de queimado da borrachinha do freio. Parecia até que eu estava andando de moto, não dei uma só pedalada se quer nesse 10 km.

A volta foi realizada em 2 horas , com uma parada para o almoço, de uns 30 minutos. No total foram 4h22min. pedalando (os tempo das paradas não foram considerados).

Abaixo mais algumas fotos tiradas no trajeto de volta:











Para finalizar, acredito que esse tipo de treino/passeio lá uma vez ou outra, seja muito útil para nós corredores. Além de ser algo diferente daquilo que estamos acostumados a fazer, no que se refere a treinos, temos a oportunidade de conhecer novos lugares junto a natureza, viver um momento a mais de descontração longe da cidade. Assim como, podemos levar em consideração o fato de estar trabalhando regiões da musculatura da perna que geralmente não são trabalhadas na corrida, e ainda deixar um pouco a rotina dos treinos de corrida.



quarta-feira, 7 de outubro de 2009

terça-feira, 6 de outubro de 2009

1ª Corrida Rústica de Rio Negrinho-SC 130 anos



No próximo dia 12 (segunda-feira) eu irei participar da minha 1ª prova de 10k , a famosa distância, preferência de muitos corredores. Apesar de já ter participado de uma prova de maior distância e esta acostumado com ela, essa terá um gostinho especial.

Afinal, vai ser a minha primeira, mas, vou fazê-la sem grandes pretensões de tempo, irei controlar o ritmo durante a prova toda, através da minha FC, vou manter entre 85 e 90% da FC máx., sem forçar muito.

Sendo que, eu quero mesmo é sentir aquela energia gostosa, que renova a vontade de continuar correndo cada vez mais . Vou para fazer amizades, trocar informações, e conhecer a cidade que ainda não conheço. A inscrição já tá feita e paga, o restante também já esta tudo acertado.


Mudanças de planos...


A prova em comemoração ao 24º Aniversário da Corville (Associação dos Corredores de Rua de Joinville) que seria realizada no dia 18 de outubro foi transferida para o dia 08 de novembro. Acredito que, isso se deu ao fato de que no dia 18 acontecerá em Curitiba o Circuito de corridas da Caixa, o que provavelmente diminuiria o numero de participantes da prova aqui em Joinville, que fica a 125 km da capital Paranaense.

Ou seja, tive que rever todo o meu planejamento referente as próximas semanas. Conforme comentado em post anterior a minha nova planilha estava toda focada para essa prova. Mas... faz parte, tive que fazer algumas modificações referente a volume de treino semanal e adicionar mais algumas semanas. Então ela acabou ficando assim:


Sendo que, a minha meta otimista para a prova é de fechar com o tempo de 23:20, com pace de 4:40 min./km, vel. de 12,86 km/h. Isso, significaria diminuir o meu tempo para os 5k em 1 min. e 45 seg. Mas é claro que isso é só para ter um desafio a mais na história, o importante é manter o gosto pela corrida, sem muitas cobranças, apesar de eu sempre levar a serio aquilo que planejo.

Bons treinos e provas a todos!!!





sábado, 3 de outubro de 2009

Rio 2016


video

Agora é só esperar chegar 2016. Enquanto isso vamos nós preparando para o tão sonhado momento. Eu acredito que, o vídeo acima ajuda a justificar o porquê de o Rio ser chamada de Cidade Maravilhosa. Com certeza em 2016 eu estarei lá....

video